DISSÍDIO SALARIAL É APROVADO PELA CÂMARA MUNICIPAL

Projeto de Lei N°1/2022 foi aprovado por todos os vereadores presentes.

Na noite do último dia 20, em sessão realizada na Câmara Municipal de Tatuí, os vereadores aprovaram o projeto de Lei Complementar N°1/2022 – que conhecemos como a proposta de Dissídio Salarial aos Servidores Públicos, que agora depende apenas da assinatura do Prefeito Prof. Miguel Lopes para entrar em vigência.


A proposta, inclusive, foi aprovada unanimemente pelos dezesseis vereadores presentes no local, que, ao final da sessão, que foi transmitida ao vivo em nossa página do Facebook, ainda tiveram tempo de falar diretamente com os servidores em outra Live, esta que contou também com a presença da Presidente do Sindicato, Claudia Adum.


Com este resultado, a proposta do Dissídio Salarial aos Servidores Públicos de Tatuí está cada vez mais perto de ter seu fim definitivo. Sendo prometida desde o fim de 2021, passando pela Assembleia, e agora aprovada pela Câmara, os Servidores estão apenas pela assinatura do Prefeito de Tatuí, Prof. Miguel Lopes, para que a Lei entre em vigência, o que não deve demorar.


Para ficar por dentro das próximas atualizações, não perder nenhuma notícia ou rever algum destes conteúdos, como as Lives da sessão da Câmara e da entrevista com alguns dos Vereadores presentes, visite e siga a página do Facebook do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Tatuí e Região.